Importante instrumento para alavancar o turismo da cidade, potencializando o movimento dos mais de 130 meios de hospedagem, que disponibilizam quase 7 mil leitos, a construção do Centro de Convenções da Feirinha de Itaipava, em Itaipava recebeu sinal verde para sair do papel. O empreendimento, que deverá ser construído no terreno ao fundo da atual Feirinha de Itaipava, terá capacidade para receber eventos com mais de quatro mil pessoas.

A construção de um Centro de Convenções viabilizará o desenvolvimento do turismo de negócios, uma atividade que vai impulsionar não só o setor hoteleiro, mas toda economia, aumentando o movimento no comércio e no setor de serviços. Por ano o setor de turismo em Petrópolis movimenta R$ 11 bilhões, o que corresponde a 6% do PIB da cidade.
O empreendimento prevê a construção de um salão com quatro mil metros quadrados, mais seis salas de apoio com 120 metros quadrados cada, sala de imprensa, praça de alimentação, área para carga e descarga para até quatro caminhões por vez, e estacionamento para mais de 700 carros.

O presidente da Associação Feirinha de Itaipava, Sérgio Gtão, explicou que o projeto está em fase final de ajustes e avaliação técnica das secretarias de Obras, Planejamento e Meio Ambiente.
A construção do centro de convenções irá refletir diretamente sobre o movimento da Feirinha de Itaipava, que conta com 394 stands para venda de roupas, sapatos, presentes e acessórios, além de 10 quiosques para alimentação. Por mês, cerca de 20 mil consumidores passam pela Feirinha.
“Nossa expectativa é de triplicar o movimento que temos hoje. Em média recebemos quatro mil pessoas aos sábados e domingos, mas o número dobra quando temos feriados e os fins de semana são prolongados. O Centro de Convenções certamente trará resultados muito positivos para os empresários da feirinha”, explicou o presidente da Feirinha.